Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Instrumentista de Orquestra
Início do conteúdo da página

Curso Técnico Instrumentista de Orquestra

Publicado: Segunda, 12 Agosto 2019 19:31 | Última Atualização: Segunda, 12 Agosto 2019 19:31 | Acessos: 123

O curso

O curso técnico para instrumentista de orquestra da EMUFPA foi criado a partir da necessidade do preparo de músicos para o campo profissional musical e pretende diplomar músicos para experiência profissional como instrumentista de orquestra. Para ingressar no curso o aluno deve apresentar os seguintes requisitos:

Estar cursando o nível médio em escola de Educação Básica e estar integrado à disciplina “Prática de Conjunto – Orquestra’ do módulo ‘Prática de Conjunto’”, de uma das habilitações em instrumento de cordas do curso básico, ou técnico, da Escola de Música da Universidade Federal do Pará.

O Curso Técnico em Instrumentista de Orquestra organiza-se apenas em 01 (um) módulo, com carga horária da parte musical num total de 800 (oitocentas) horas, a serem cumpridas em 02 (dois) anos letivos e compõe-se de um desenho curricular com disciplinas e atividades práticas pré-profissionais, como participação em concertos da Orquestra.

No final do curso os alunos devem obter a indicação ‘apto’ pelos professores para receberem o Diploma de Conclusão de Educação Profissional Técnico em Instrumentista de Orquestra, Área Profissional de Artes.

Base Legal

O curso teve sua criação aprovada na UFPA a partir da Resolução CONSEPE n° 3483/2007.

Atuação profissional

As principais áreas de atuação do técnico em instrumentista de orquestra são: cursos, produtoras musicais, empresas de eventos, entidades ligadas à cultura, estúdios de gravação e editoras de partituras musicais. Trabalha também em espetáculos dirigidos ao público, como concertos e shows, e em estúdios, tocando em gravações artísticas ou publicitárias.

Mercado de trabalho

Com o crescente aumento na área musical em Belém, e demais cidades do Pará e da região amazônica, o formado técnico em instrumentista de orquestra se torna apto a atender da melhor forma essa demanda, através do domínio instrumental na execução em orquestra.

 

Fim do conteúdo da página