Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Documentário narra 25 anos de pesquisa sobre o imaginário popular na Amazônia paraense
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Documentário narra 25 anos de pesquisa sobre o imaginário popular na Amazônia paraense

  • Publicado: Terça, 27 Agosto 2019 12:14
  • Última Atualização: Terça, 27 Agosto 2019 12:14

 

As narrativas orais populares, como o nome diz, são passadas boca a boca, de pai para filhos, avós para netos, ou seja, um saber tradicional se perde com o tempo, ao passo que os contadores se vão. O interesse por registrar, estudar e preservar essas narrativas motivou a criação do projeto "O Imaginário nas Formas Narrativas Orais Populares da Amazônia Paraense" (IFNOPAP), da Universidade Federal do Pará, que agora será retratado no curta metragem intitulado "IFNOPAP: uma nascente de histórias". O filme será lançado nesta quarta-feira, 28, durante a 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes.

A "Na Cuia - Produtora Cultural" produziu o documentário "IFNOPAP: uma nascente de histórias" com o intuito de narrar parte dessa história de 25 anos de ensino, pesquisa e extensão entre os rios e as florestas da Amazônia paraense. O curta conta com entrevistas do ex-reitor da UFPA, Alex Bolonha Fiuza de Mello, da coordenadora do IFNOPAP, professora Socorro Simões, e do professor, pesquisador e escritor paraense renomado na área da cultura e imaginário na Amazônia, João de Jesus Paes Loureiro, que é um dos homenageados da Feira do Livro/2019.

A escolha do lançamento durante a 23° Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, se deu devido ao tema de 2019 abrir caminho para as narrativas das diversas vozes amazônicas. Entre elas, a voz do imaginário popular. A programação conta com um dia inteiro dedicado à temática. Para a coordenadora do projeto, é uma grande honra poder exibir o documentário neste dia: "A presença de informações acerca de uma pesquisa que priorizou a oralidade é fundamental e, sem dúvida, um privilégio".

O documentário foi produzido com o apoio da Universidade Federal do Pará (UFPA), por meio da Pró-reitoria de Extensão (Proex) e da Faculdade de Comunicação da UFPA (Facom). A exibição terá início às 17h, na arena Walcyr Monteiro.

373x212 1998 Vicente Sales na abertura do primeiro ifnopapIFNOPAP - O IFNOPAP é um dos projetos de extensão mais antigos da UFPA, existe desde 1993, contribuindo para que a oralidade se mantenha viva, não só no imaginário popular, mas tecendo a vida dos amazônidas.

A coordenadora do IFNOPAP, professora Socorro Simões, conta que o projeto surgiu da necessidade de registrar os mitos que fazem parte do imaginário das populações amazônicas. "A Amazônia é tão rica em imaginário e, até então, não havia um registro desse imaginário, por isso resolvi criar o projeto. Começamos em Belém e depois fomos para o interior. Nós já recolhemos mais de 5.300 narrativas", afirma a professora.

O projeto, também conhecido como Campus Flutuante da UFPA, em grande parte de suas edições, utiliza-se de navio para transporte dos participantes e já passou por diversos municípios paraense, entre os quais: Santarém, Monte Alegre, Almeirim, Soure, Salvaterra, Cametá, Abaetetuba, Óbidos, Alenquer, entre outros.

Serviço:
Lançamento e Exibição do Documentário "IFNOPAP: uma nascente de histórias"
Data: 28 de agosto (quarta-feira)
Local: 23° Feira Pan - Amazônica do Livro e das Multivozes
Hora: Às 17h na arena Walcyr Monteiro. 

Texto, arte e foto: Divulgação

registrado em:
Fim do conteúdo da página