E-mail
Ação Valorizando nossas raízes atende comunidade quilombola Imprimir
Escrito por Administrator   
Ter, 16 de Maio de 2017 09:32

Na busca da realização de seus sonhos e da possibilidade de garantir um futuro melhor, diversos jovens deixam suas cidades ou comunidades para poder estudar em outra localidade. No entanto, isso não significa que eles esqueçam suas origens. E como exemplo disso, nos dias 19, 20 e 21 de maio, cerca de 70 pessoas, entre estudantes, médicos e técnicos da UFPA, irão realizar a ação “Valorizando Nossas Raízes”, na Comunidade Quilombola do Baixo e Médio Itacuruçá, interior de Abaetetuba.

A programação ocorre das 8h às 22h no sábado, 20, e domingo, 21, das 8h às 18h. Ao longo do evento serão realizados diversos atendimentos à comunidade local, como: Clínico Geral, Dentista, Dermatologista, Fisioterapeuta, Ginecologista, Nutricionista, Psicólogo e Pediatra. Além de várias apresentações culturais entre outras atividades ao longo desses dias.

Além disso, o projeto Valorizando Nossas Raízes conseguiu uma parceria com a Secretaria de Estado da Saúde do Pará (Sespa) que disponibilizará a aplicação de vacinas para a população, entre elas: febre amarela, hepatite, HPV, entre outras. Além disso, serão realizados testes de HIV, hepatite, sífilis e etc. Também serão doados kits de escovação bucal.

Objetivo e público-alvo – Segundo Valdinei Gomes, estudante do Curso de Engenharia Civil e coordenador de Formação da Associação dos Discentes Quilombolas (ADQ) da UFPA, o evento objetiva a valorização da cultura local, além de prestar assistência médica aos habitantes do lugar. A ação busca abranger “todas as famílias da comunidade; crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos etc.”

Importância – Valdinei conta que o evento tem extrema relevância, pois as famílias das comunidades não possuem acesso direto ao atendimento médico. E essa é uma forma dos alunos quilombolas levarem amparo às suas origens. “Não há uma grande valorização da cultura quilombola, e nós estudantes oriundos dessas comunidades queremos melhorar a qualidade de vida do nosso povo, assim como fortalecer nossa cultura valorizando nossos saberes.”

Arrecadação – Os estudantes que participarão das programações também precisam estar bem alimentados, para que a ação seja o sucesso que se espera. “Somos 50 alunos de diversas áreas do conhecimento e durante os três dias de atividades precisamos nos alimentar. Por isso, estamos pedindo ajuda, seja financeira ou com alimentos: arroz, feijão, leite, café, açúcar, biscoitos, macarrão, carnes, frango e etc. Faremos a arrecadação nos dias 16 e 17 de maio, no hall da Reitoria, das 8h às 12h e das 14h às 18h.”

Projeto – “O projeto foi pensando por estudantes quilombolas de varias áreas do conhecimento que, sensibilizados com a realidade das próprias comunidades, decidiram retribuir todas as conquistas e principalmente a oportunidade de estarem na Universidade por meio de políticas de ação afirmativa, que é uma luta de longos anos de nosso povo”, explica Valdinei.

Ações afirmativas – Desde 2007, a Diretoria de Assistência e Integração Estudantil da Pró-reitoria de Extensão (DAIE/Proex) vem atuando no desenvolvimento de programas que visam garantir a permanência, o bem estar, a melhoria do desempenho acadêmico e o êxito na conclusão da graduação. Com especial atenção aos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica e aos que ingressaram na UFPA por meio de ação afirmativa.

Texto: Andre Gomes – Assessoria de Comunicação da UFPA
Arte: Divulgação

 

 

Copyright © 2016 Instituto de Ciências da Arte - UFPA

Avenida Presidente Vargas, S/N, Praça da República - Belém - Pará - Brasil, CEP 66017-060 - Tel: Secretaria: (91) 3241-5801, Fax: (91) 3241-8369. E-mail: ica@ufpa.br