E-mail
Núcleo de Práticas e Linguagens Docentes do IEMCI/UFPA é destaque internacional com projeto de leitura, alfabetização e docência Imprimir
Escrito por Administrator   
Sex, 14 de Setembro de 2018 08:48

As novas maneiras de formar futuros professores, incentivando uma visão criativa, multifacetada e multicultural da Universidade Federal do Pará (UFPA) receberam um importante aval internacional. O projeto Núcleo de Práticas e Linguagens Docentes do IEMCI foi uma das 30 experiências inovadoras selecionadas no Programa Regional para o Desenvolvimento da Profissão Docente na América Latina e no Caribe.

O anúncio foi recebido no início de setembro e um dos membros do projeto participará de um workshoporganizado pela Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI) e pelo Banco Mundial (BM), em outubro, em Bogotá, na Colômbia, para intercâmbio das intervenções inovadoras. Haverá ainda uma publicação virtual com guias de cada uma das experiências e a criação de um repositório em uma plataforma com uma seleção de experiências inovadoras com potencial para serem replicadas em, pelo menos, um outro país ou em uma província/departamento/estado.

Isabel Rodrigues, idealizadora e assessora do projeto Núcleo de Práticas e Linguagens Docentes, hoje denominado Alfabetização, Letramentos e Docência na Amazônia, do Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI), comemora a seleção com a equipe constituída por formadores de professores do IEMCI, pós-graduandos da UFPA, graduandos de diferentes cursos, docentes e alunos da Educação Básica nos 3 eixos de atuação desse projeto inovador, que foi por ela coordenado de 2016 a 2017. Ela explica que o resultado foi recebido por e-mail e que, desde o dia 11/09, está disponível na página do Programa Regional para o Desenvolvimento da Profissão Docente na América Latina e no Caribe.

Com essa seleção, o IEMCI/UFPA mostra que, na Amazônia brasileira, no Pará, são gestadas boas ideias, que merecem ser replicadas, no que se refere à formação de professores alfabetizadores, área de atuação da equipe do projeto. São ações articuladas que focalizam a formação docente, agindo nos problemas que nela interferem e resgatando, sobretudo, nossa regionalidade, celebra a professora Elizabeth Manfredo, vice-coordenadora do projeto.

Para a atual coordenadora, professora Emília Pimenta Oliveira, trata-se do reconhecimento de um trabalho iniciado há dois anos e que, muitas vezes, passa despercebido dentro da universidade, porque é realizado nas salas de aula do IEMCI e das escolas públicas municipais e estaduais, nas associações de bairro, com um grupo de 40 pessoas no máximo. Estar entre as “30 experiencias con mayor nivel de innovación y potencial de replicabilidad de la America Latina y del Caribe” traz a visibilidade que o projeto merece.

Para a OEI, a transformação dos modelos de formação docente é necessária para alcançar os níveis educativos que buscam e merecem os latino-americanos. A qualidade da formação é um fator decisivo para alcançar a melhora na educação. Dessa forma, o programa surge como espaço para compartilhar experiência práticas dos professores com a finalidade de melhorar a aprendizagem dos alunos.

Leia Mais:

Programa internacional seleciona projetos inovadores para formação de professores na América Latina

Alunos do Ensino Fundamental visitam UFPA em projeto de leitura e formação

Texto: Glauce Monteiro – Assessoria de Comunicação da UFPA
Foto: Alexandre Moraes

 

Copyright © 2016 Instituto de Ciências da Arte - UFPA

Avenida Presidente Vargas, S/N, Praça da República - Belém - Pará - Brasil, CEP 66017-060 - Tel: Secretaria: (91) 3241-5801, Fax: (91) 3241-8369. E-mail: ica@ufpa.br