E-mail
Projeto de Extensão da UFPA leva orientações sobre saúde para alunos de escolas públicas Imprimir
Escrito por Administrator   
Seg, 11 de Fevereiro de 2019 08:19

Realizar ações educativas em escolas da rede pública da região metropolitana de Belém. Esse é objetivo do Projeto de Extensão do Instituto de Ciências Biológicas da UFPA "Prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) em escolas da rede pública da Região Metropolitana de Belém (RMB)”. Coordenado pela professora Lucimar Di Paula, o projeto busca propagar informações sobre a prevenção e tratamento de ISTs para jovens de Escolas Públicas.

De teoria a projeto de extensão, a realização teve início em agosto de 2018 e se originou a partir de informações adquiridas em pesquisas sobre as ISTs. “O projeto surgiu através de leitura de artigos científicos, dados publicados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, nos quais relatam que infecções sexualmente transmissíveis estão aumentando a cada ano, principalmente nos jovens, que é a faixa etária com maior número de casos”, afirma a Coordenadora do projeto, professora Lucimar di Paula.

ISTs - As insfecções sexualmente transmissíveis são doenças causadas por vírus, bactérias ou outros microorganismos, as quais são transmitidas, principalmente, através das relações sexuais. Para a professora, é de suma importância que todos tenham conhecimento sobre o perigo e consequências das infecções sexualmente transmissíveis. “Reforço para os alunos que essas ISTs podem trazer também consequências para a saúde reprodutiva como infertilidade, abortos espontâneos,  entres outros problemas, e o mais importante é que, atualmente, a maioria das ISTs são assintomáticas, ou seja, não possuem sintomas clínicos no começo”, conta Lucimar di Paula.

Como funciona o projeto - O projeto consiste em realizar ação educativa, em que se apresenta uma palestra a respeito das  principais Infecções Sexualmente Transmissíveis, além de se explicar aos alunos como tais infecções são transmitidas.

Após a palestra, os alunos participam de um jogo que consiste em perguntas relacionadas com o assunto que foi exposto. O objetivo é estimular que os participantes despertem a capacidade de interação em grupo e assimilem as informações. Após o jogo, folders informativos são distribuídos para os alunos.

As escolas atendidas devem preencher os seguintes critérios: ser pública e fazer parte da região metropolitana de Belém. O contato com professores e diretores das escolas é feito pela Coordenadoria do projeto. Caso a escola demonstre interesse no projeto, dependendo da disponibilidade, a equipe se encaminha até ela, para realizar a ação.

Voluntários - O projeto conta com dois voluntários que auxiliam os bolsistas durante as ações. Para os interessados em se candidatar ao voluntariado, é preciso estar cursando Biomedicina ou Biologia no Instituto de Ciências Biológicas da UFPA e apresentar interesse em contribuir nas ações.

Texto: Neto Moura – Assessoria de Comunicação da UFPA
Foto: Divulgação

 

Copyright © 2016 Instituto de Ciências da Arte - UFPA

Avenida Presidente Vargas, S/N, Praça da República - Belém - Pará - Brasil, CEP 66017-060 - Tel: Secretaria: (91) 3241-5801, Fax: (91) 3241-8369. E-mail: ica@ufpa.br